A terapia tântrica para mulheres possui diversos benefícios incríveis. Quando é realizada por um profissional ela possui um profundo cunho terapêutico, mas quando é realizada pelo parceiro, é responsável por um aumento gigantesco da entrega e conexão na relação. E esse será o assunto de hoje!

Embora o Tantra e a Terapia Tântrica sejam abordagens altamente curativas para a sexualidade feminina, ainda é tabu. Quando estamos em uma roda de amigas e o assunto surge é muito provável que algumas delas ainda olhem com receio, medo ou até espantadas.

Isso porque muitas mulheres ainda possuem uma visão deturpada do que é a terapia tântrica e como ela é importante. Isso é natural e faz parte da criação repressora que tivemos. Por isso, no post de hoje vamos abandonar velhas crenças e começar a entender o que é a terapia tântrica para mulheres e como ela auxilia tanto no processo de cura pessoal, quanto de um relacionamento.

Vamos lá?

O que é a terapia tântrica para mulheres?

A massagem tântrica é uma técnica baseada no Tantra. Essa é uma filosofia derivada de uma série de escrituras hindus cujos ensinamentos tentam guiar o ser humano rumo ao desenvolvimento em corpo, mente e espírito. Ou seja, não é apenas sobre o sexo em si, mas sobre toda nossa consciência e evolução.

Já a massagem, por sua vez, ela é mais recente e seu objetivo de ativar as sensações do nosso corpo, aumentando nossa percepção de prazer, além de trabalhar os canais sensoriais por onde circulam essa energia, responsáveis pelo equilíbrio do nosso corpo com nossa mente e espírito.

Ao invés de buscar relaxar regiões do corpo com estresse acumulado,  a massagem tântrica envolve toques leves com os dedos, que estimulam os canais sensoriais. Estes canais costumam estar obstruídos, em virtude dos traumas e bloqueios mentais desenvolvidos ao longo de nossas vidas. Quando desobstruídos, a energia tem maior liberdade para circular.

Esses canais também são responsáveis pela nossa percepção de prazer e pela forma como  exercemos nossa sexualidade. Durante uma massagem tântrica, seja realizada por um terapeuta ou pelo parceiro,  eles são estimulados facilitando que a mulher consiga ter um orgasmo.

Embora, esse não seja o foco. O objetivo da terapia tântrica é adquirir a capacidade de sentir prazer, com o corpo todo e sem preconceitos ou censuras.

Benefícios da terapia tântrica para mulheres

Existem diversos benefícios da terapia tântrica para as mulheres. Mas, antes de falarmos sobre ele interessante que a mulher decida com o parceiro (ou como terapeuta) com será o objetivo daquela massagem. O que ela quer mudar em sua sexualidade? Ela quer sentir mais prazer ou talvez criar mais conexão em seu relacionamento?

Essa é a chave para conseguir não apenas os benefícios que citarei a seguir, mas também para que ela crie sua próprios benefícios, através de suas vontades. Criando sua cura, sua transformação través do próprio corpo.

Então, vamos lá: como essa prática ajuda a mulher?

Capacidade e intensidade dos orgasmos

A dificuldade de alcançar o orgasmo é o motivo mais comum para que as mulheres busquem a massagem tântrica. Na maioria das vezes, esse é um problema psicológico e não físico, relacionado a necessidade de dar prazer ao parceiro e às restrições impostas no momento da criação dela, ou seja, medos, crenças limitantes e até traumas.

A massagem tântrica leva a mulher a redescobrir a sensação de prazer em todo o seu corpo, o que contribui para o relaxamento durante o ato sexual e ao autoconhecimento. Além disso, ela não sente a pressão do ato sexual ou de satisfazer outra pessoa, contribuindo para uma atmosfera que combina relaxamento e concentração.

Estes fatores contribuem não só para a mulher atingir o orgasmo durante a sessão, mas também para aprender a alcançá-lo, seja durante ato sexual com parceiro ou, parceira seja sozinha. Além disso, os orgasmos se tornam bem mais intensos, exatamente por envolverem o corpo todo ao invés de apenas a região genital.

Cura de disfunções sexuais femininas

O Vaginismo é provavelmente um dos campeões dentro das salas de atendimentos dos terapeutas tântricos. Esse é o nome dado aos espasmos involuntários nos músculos de entrada da vagina ao início da penetração. Eles ocorrem sem causa aparente, causando dor e desconforto. É um problema relacionado normalmente a traumas e bloqueios mentais que a mulher vivenciou ao longo de sua vida.

A massagem tântrica ajuda no combate ao vaginismo exatamente por sensibilizar o corpo todo. O prazer proporcionado antes mesmo da penetração promove o relaxamento, evitando assim as contrações dos músculos.

Além disso, o processo de cura que começa de dentro para fora, ou seja, a mulher cura seu campo energético e vibracional também contribui para o tratamento de outras disfunções sexuais femininas como anorgasmia, por exemplo.

Diminuição do estresse

Nada melhor que um orgasmo para relaxar, não concorda? Mas, a terapia tântrica vai além disso e se torna uma grande aliada para mulheres a combaterem quadros de estresse e depressão. Isso porque, durante a prática, é necessário que ela aprende alguns princípios para tirar o máximo de proveito. Esses princípios conhecidos como “chaves do tantra” são: a respiração, o som e o movimento. Quando colocados em conjunto eles relaxam o corpo e promovem a diminuição do estresse, o que é essencial para uma vida mais leve e equilibrada.

Reequilíbrio das energias

Além do nosso corpo físico, também somos compostos de energia que circula pelos canais energéticos que já falamos aqui. Além disso, a terapia tântrica equilibra as duas polaridades energética presentes em nosso sistema: a masculina e a feminina.

O estresse do dia a dia causa o desequilíbrio, leva muitas vezes as mulheres a perderem o contato com sua energia feminina. O que pode gerar: TPM difícil, cólicas menstruais, irritação constante e até mesmo dificuldade para engravidar.

A terapia libera estes canais, o que para mulheres representa alcançar o equilíbrio das energias, facilitando o contato com sua energia feminina natural, com a shakti que existe dentro dela. Esse processo é essencial para a saúde física feminina e para ter mais autoconfiança, alegria e disposição.

Terapeuta ou o Parceiro?

Meu parceiro, pode realizar uma massagem em mim? Ou eu sou obrigada a ir até um profissional? Tenho vergonha ou até medo de outra pessoa me tocando, como devo fazer?

Essas são dúvidas completamente comuns para quem opta por uma sessão de massagem tântrica. É claro que a abordagem profissional acelera seus benefícios e é mais precisa, Afinal, o terapeuta tem uma grande experiência. No entanto, a vergonha, o medo e até a insegurança na relação não podem ser impeditivos para sua cura sexual.

É possível que o parceiro realize uma Yoni massagem de forma delicada e gentil, isso é ótimo para aumentar a conexão, a intimidade e até mesmo a empatia do parceiro pela parceira.

A regra aqui é: não existe certo ou errado. Existe aquilo que você se sente pronta e preparada para iniciar. Aqui no Tantra Yoga Lab, nosso objetivo é levar a terapia tântrica para todos. Fazer com que essa prática tão poderosa chegue a todas as pessoas, sem vergonha ou medo.

Por isso, em nosso curso de casais você encontra uma abordagem única e focada na prática, na amorosidade e no carinho.

Quer saber mais? Clique no link! 

 

 

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *