• contato@tantrayogalab.com.br

Ejaculação precoce: como tratar naturalmente?


Como tratar a ejaculação precoce naturalmente?

Ejaculação precoce: A maioria dos homens ejacula com menos de 5min após a penetração. Infelizmente, para a maioria das mulheres, esse não é um tempo razoável. Mesmo não sendo enquadrado como um “ejaculador precoce” pelos urologistas, o homem comum ejacula rápido demais e acaba por gozar antes de sua parceira chegar ao orgasmo.

Numa relação a dois é importante que exista sintonia, troca, comunhão e respeito. Por isso, nesse post vamos atacar o problema onde ele realmente acontece. Vamos seguir o conceito de Masters e Johnson e supor que a ejaculação precoce é detectada quando o indivíduo que goza, na maioria das relações, antes da parceira.

Mas porque isso acontece? Porque a maioria dos homens sofrem desse mal comum? Porque o tempo deles é tão diferente do tempo das mulheres?

É tudo uma questão de treino. Em geral, os homens iniciam ainda na adolescência sua prática masturbatória. E não param de se masturbar depois de estarem sexualmente ativos. Pode-se dizer, então,  que os homens masturbam-se muito mais vezes do que fazem sexo. Ou seja, o reflexo ejaculatório masculino está muito mais ligado a masturbação do que ao sexo. E é aí que está a chave dessa história.

Ejaculação precoce e a masturbação

Mas como assim? A culpa é da masturbação? Eu vou ter que parar de me masturbar ?

Não.

Não é a masturbação em si o problema. Mas a forma como ela é usada.

A busca pelo prazer imediato faz com que muitos homens fiquem viciados em masturbar-se de forma frenética e obter doses de prazer cada vez mais rápidas.

Quem nunca deu uma rapidinha com a intenção de arrancar uma pequena dose de orgasmo antes de sair para um compromisso? É biotecnologia de ponta. Em dois minutos o sujeito já deu sua “gozadinha” e está pronto pra próxima reunião.

Mas a cada vez que você se masturba de forma rápida e frenética você cria um registro, uma memória corporal. Com o tempo e com a repetição dessa forma de se masturbar, seu corpo acaba se “acostumando” a chegar ao orgasmo muito rápido. Isso cria um caminho neural muito forte e viciado. Então quando você vai transar e começa a fazer o movimento de “entra e sai”, o seu corpo reconhece que esse estímulo é o mesmo feito na masturbação e faz o que você o ensinou a fazer: ejacula.

Bom. Mas e agora? O que fazer?

A boa notícia é que existem soluções totalmente naturais, sem contraindicações, e, além de tudo, muito prazerosas e que podem reverter esse quadro. Vou deixar aqui as duas, que no meu ponto de vista, como terapeuta, são as mais prazerosas, fluidas e naturais.

1-Masturbação consciente:

Tudo gira entorno de criar novos caminhos neurais que sobressaem o velho condicionamento de masturbar-se para lidar com a ansiedade do dia dia e acabar ejaculando rápido demais. Experimente estímulos que tragam prazer, mas que não sejam aqueles que simulam o movimento da penetração. Crie novos movimentos de fricção, alongamento e explore toda a região genital. Além disso você pode colocar uma meta de aumentar, a cada vez que se masturba, meio minuto. Toda vez que se masturbar você compromete-se a controlar a ejaculação por meio minuto a mais que na vez anterior. Isso, com o tempo, recondiciona seu corpo e o leva a conseguir manter a ereção. Além disso ensina seu corpo como retardar a ejaculação cada vez por mais tempo sem precisar fazer contenções forçadas.

2-Massagem tântrica:

A “Lingam massagem” ou “massagem peniana” é a massagem tântrica masculina. É uma massagem que tem uma duração de 30min a 1h 30min, com estímulos feitos em toda a região genital masculina, que criam “novos caminhos neurais” relacionados ao prazer masculino. Além disso ela ajuda o homem a sentir prazer de novas maneiras e criar novos condicionamentos. Traz estímulos diferentes do “vai e vem” da masturbação, pode levá-lo a experiências hiper orgásticas e o faz vivenciar o prazer como nunca experimentou antes.

Leia também: Massagem tântrica e os relacionamentos

Com o tempo e uma prática consistente o homem cria novas memórias corporais, reconhece novas formas de sentir prazer e ensina o próprio corpo a sustentar durante mais tempo a ereção. Além disso ajuda a mantê-lo ereto por mais tempo antes de ejacular e prolongar o próprio prazer.

Tá. Mas quem vai fazer essa massagem em mim?

Nada melhor do que a sua parceira para isso. Nós do Tantra Yoga LAB sempre recomendamos que, se você tem interesse em viver uma sexualidade mais sadia e plena, envolva sua parceira nessa jornada e desenvolva-se junto com ela. Assim vocês poderão dar e receber prazer, desenvolver mais intimidade, conexão e desenvolver relações mais profundas e verdadeiras.

Caso tenha interesse em conhecer melhor o mundo do Tantra, aprender técnicas de massagem tântrica, participar de cursos gratuitos para casais e conhecer exercícios corporais práticos para iniciar já o seu desenvolvimento de forma gratuita inscreva-se na nossa lista de emails e conheça nosso canal no youtube.




Deixe um Comentário