depoimento tantra

Anos atrás eu voltava de carro do trabalho, com a cabeça lotada de problemas do local onde era empregado e eu desejei por um instante que existisse um “botão mágico na minha cabeça” para desligar minha mente de todas as preocupações.

Isso porque eu estava exausto da minha própria mente. Eram problemas com minha autoestima, com meu trabalho e até meu casamento não ia bem.

Foi quando eu vi os primeiros indícios de meditação, mas estava preocupado demais buscando esse botão mágico que simplesmente ignorei essa informação.

Depois, em outra ocasião, o Tantra apareceu em minha vida…. E nesse instante minha vida mudou. Foi um momento de completa de revolução e hoje eu penso que se tivesse dado mais atenção ao que eu descobri depois de um dia cansativo, teria poupado muito do estresse, pressão e medo que senti.

Talvez você esteja nessa situação agora, com problemas no trabalho, falta de autoestima ou até seu casamento não vá bem. Mas, o que eu vou te falar nas próximas linhas tem o potencial para ser o divisor de águas em sua vida.

Embora a palavra “tantra” possa gerar algumas comparações estranhas em pessoas com pouco conhecimento sobre o tema, a meditação é um dos exercícios mais aplicados no caminho tântrico.

Mas eu não julgo o meu “eu” do passado. Afinal, nós, os ocidentais, e principalmente os brasileiros, somos muito desinformados sobre essa filosofia comportamental oriental. Afinal, existem aspectos culturais que fogem da nossa realidade.

Com um pouco de dedicação e prática eu rapidamente consegui converter minha mente que era um tsunami de pensamentos e emoção para um cristalino e calmo lago.

E é isso que eu vou te ensinar hoje. Fique comigo que vamos aprender mais sobre o Tantra e as revoluções que ele fará em sua vida. Depois, ainda farei um convite super especial que certamente irá trazer muito prazer, conforto e plenitude para sua jornada.

depoimento tantra

Afinal, o que é Tantra?

Basicamente, o Tantra é uma filosofia construída em crenças de diversos textos milenares hindus e budistas originais datados aproximadamente no primeiro milênio dC.

De forma bem rápida é possível descrever como a centralização com o divino através de uma sexualidade sagrada e livre dos tabus tóxicos da sociedade moderna.

Barbara Carrellas, que é a autora de Urban Tantra e uma das figuras mais importantes internacionalmente na comunidade tântrica, conceitua essa filosofia a como uma prática que nos liberta. Não trata apenas de sexo, mas da energia base presente em todos nós.

É isso que nos impulsiona para a mudança de vida.

Como os exercícios do Tantra podem melhorar meus relacionamentos e minha sexualidade?

Embora o Tantra possa parecer que simplesmente dê mais prazer na relação sexual, os exercícios vão muito além disso e muitas vezes atuam como um entrelace para o casal na descoberta deles mesmos como indivíduos separados e como amantes.

 Isso porque, ao contrário de outras tradições que veem o corpo como perigoso e pecaminoso, o tantra o vê como uma conexão direta ao divino. Dessa forma, o prazer que ele nos proporciona tem um aspecto transcendental, positivo e sagrado. Deve ser contemplado e não julgado.

Encarar as relações, o prazer e o próprio corpo dessa forma é expandir a mente. Pode parecer difícil, no início. Isso acontece, pois ao olhar da nossa cultura, esse tipo de pensamento é culturalmente afastado das nossas construções sociais de relacionamento e sexo.

Embora tenha exercícios e uma teoria fortemente estudada e comprovada cientificamente, essa filosofia também é prática e direta. De uma forma extremamente amorosa, sem muito conhecimento técnico é possível começar a praticar os primeiros exercícios que serão responsáveis pela sua mudança.

Bem semelhante aqueles aplicativos de meditação, que ensinam algumas técnicas básicas que atuam como uma ferramenta de transformação e calmaria para o indivíduo.

depoimento tantra

As chaves do Tantra: como esses exercícios são construídos?

Quando analisamos os exercícios, é extremamente importante entender o porquê eles têm tanto potencial transmutador. Não, eu não disse transformador, mas sim transmutador e sabe por que?

Acontece que as práticas são tão poderosas que podem transmutar sentimentos e pensamentos negativos em amor, gratidão e prazer. Essa é a grande magia que as práticas tântricas trazem.

Todas as sustentações das práticas acontecem em cima de três pontos específicos. São eles as três chaves do tantra: respiração, som e movimento.

São elas os princípios que permaneceram escondidos por centenas de anos e taxados como imorais ou pecaminosos. Mas, que hoje encontraram espaço suficiente dentro da nossa cultura para serem disseminados e ajudam diariamente cada vez mais pessoas.

Vamos falar um pouco mais deles agora, para que entenda então o nosso presente SUPER ESPECIAL! Vamos continuar mais um pouco, tudo bem?

depoimento tantra

Primeira chave do Tantra: respiração

A respiração é um ato necessário para todos nós, no entanto, a maioria das pessoas não prestam atenção a esse ato natural e costuma respirar de forma inconsciente.

Ou seja, mantém uma respiração no alto do peito, de força acelerada e travada. Quando alteramos a forma de respirar e passamos a adotar um modo mais fluido, sutil, levando o ar para a região pélvica alteramos complemente nossa energia.

Quebramos bloqueios energéticos e passamos quebrar também bloqueios, traumas e medos que estão em nossos corpos físicos e emocionais.

Além disso, ela dissolve tensões e nos permite ficar mais presentes em nossos corpos e no próprio prazer.

É como se a vida sorrisse a cada inspiração e expiração!

Segunda chave do Tantra: som

O som é algo inerente dos humanos. Nós gememos de dor ou de prazer. Sendo assim, é claro que a manipulação do som também seria um princípio dentro do Tantra.

Nas filosofias orientais são utilizados mantras, ou sejas, sons místicos que emanam uma energia específica. O tantra usa esse poder para expandir o prazer e conectar-se ao seu potencial orgástico.

John Blofel é um dos nomes ocidentais responsáveis por pesquisar esses “sons mágicos”, ele descobriu que não era necessário saber o significado ou pronunciá-los corretamente para que surtam os efeitos, tamanho seus poderes!

Terceira chave do tantra: o movimento

Você já ouviu falar que sem movimento, não há vida? Essa é a verdade seja pela ciência, seja pelas abordagens holísticas. É preciso que o ser humano esteja em constante movimento para que sua vida seja próspera e feliz.

O Tantra utiliza essa abordagem para o prazer com práticas que movimentam o corpo, nossa energia e a alma.

A união desses três fundamentos é a base das técnicas tântricas. E que para que você seja capaz de começar a aplicar essas maravilhas na sua vida nós vamos disponibilizar GRATUITAMENTE um WORKSHOP para você revolucionar seu relacionamento AGORA MESMO! Clique aqui e descubra como mudar sua vida!

 

 

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *