Como a necessidade de controle atrapalha o orgasmo

A nossa necessidade de controle impacta diretamente o nosso orgasmo. 

Parece estranho ouvir essa frase, não é mesmo? Mas, o orgasmo é o ápice do nosso prazer sexual e para que ele aconteça é necessário se entregar.

Nosso instinto de sobrevivência naturalmente deseja que estejamos sempre no controle de tudo. É natural porque nos sentimos mais seguros.

E não há nada de errado nisso, desde que não crie empecilhos em sua vida. Em outras palavras: se ele te impede de atingir novas possibilidades e de deixar as coisas fluírem, então é um sinal de alerta. 

Vamos conversar mais sobre isso? Então, me acompanhe para falarmos mais sobre o assunto!

Afinal, o que é a necessidade de controle?

Antes de qualquer coisa, quando falamos na necessidade de controle não estamos nos referindo à dominação ou ao BDSM.

Mas, sim, abordando um aspecto pessoal, a necessidade de “roteirizar” nossa vida, incluindo a relação sexual.

Mas, como assim: roteirizar?

Na maioria das vezes, nós demandamos muito tempo criando roteiros de como será nossa relação. Esperamos isso ou aquilo de nossos parceiros (e parceiras) ou de nós mesmas. Assim, quando algo sai fora do controle impacta diretamente no nosso prazer.

Deixe-me explicar melhor: provavelmente, você já se decepcionou em algum encontro. A pessoas parecia muito legal, interessante. Mas, na hora H. Não era tudo isso que você imaginou. Essa expectativa que você criou da pessoa, de certa forma, é um script (um roteiro) de quem ele era. Quando saiu do seu controle, gerou frustração e até indignação.

É claro que esse exemplo é mais sutil e inofensivo. Mas, existem outros momentos onde esse aspecto se mostra um problema e ele é… no sexo!

Orgasmo é deixar fluir

Quando falo sobre deixar as coisas fluírem, estou falando sobre alguns  momentos específicos onde essa capacidade é necessária. Um deles é o orgasmo. 

Calma aí! Isso não significa “deixar a vida me levar” é abrir mão completamente de tudo. Mas, apenas compreender que a vida não é um script pronto e que cada momento ela muda, flui seja da forma que queremos ou não. 

Mas, retornando, por que o orgasmo e a necessidade de controle andam distantes? 

O orgasmo acontece quando vamos além do nosso controle, é o ápice da nossa energia sexual, quando ela flui intensamente pelo corpo. Dessa forma, se não “soltamos as rédeas” do nosso corpo ele simplesmente não acontece.

Isso porque a necessidade de ter controle na cama gera ansiedade e nervosismo. E adivinhe quem não se dá bem como prazer? Exatamente! Essas duas emoções que citamos. 

Além disso, a frustração gerada por um “script” não cumprido pode gerar sentimentos como:

  • raiva;
  • indignação;
  • angústia.

Tudo isso tira a pessoa do espaço de prazer e a coloca em um local cada vez mais afastado do orgasmo.

Mas, como diminuir a necessidade de controle?

Existem diversas formas de deixar as coisas fluírem, no sexo e na vida. No entanto, a principal delas é se conscientizar e compreender que é necessário encarar a vida com seus desafios e surpresas.

É natural que as coisas não saiam como desejamos. Mas, nossa capacidade de encarar as adversidades sobre uma nova ótica é o que define se nossa vida será alegre ou um drama.

E no sexo, funciona da mesma forma.

Para começar a treinar seu corpo e sua mente para ser mais fluída, algumas dicas são:

✅Foque no seu corpo e nas sensações. Evite deixar sua mente viajar durante o sexo.

✅Comece prática meditativas. Elas nos colocam no momento presente, nos tornam mais conscientes do nosso prazer e diminuem nossa necessidade de controle.

✅Por último, identifique a origem de suas expectativas e diminua seu contato com ela, por um tempo, olhando o sexo de forma real. Ela pode ser derivada da pornografia, de histórias irreais ou até mesmo da comparação que você faz com outras pessoas.

Além disso, existe outras técnicas que facilitam o aprendizado para deixar fluir. Por isso,  é necessário investir em práticas de relaxamento e que te ensinem a estar totalmente presente no aqui e no agora.

Particularmente, uma das técnicas que mais gostamos é meditação ativa, que aumenta sua energia sexual, enquanto desperta nossas sensações e a capacidade de estar presente.

Diferente de outras técnicas meditativas, a meditação ativa é uma forma de unir respiração, som e o movimento do corpo de uma forma intensa, isso nos permite focar mais nas sensações e atingir níveis de prazer cada vez mais alto, aprendendo a diminuir essa necessidade de controle.

Essas foram algumas dicas simples para soltar o “pé do freio” e deixar o sexo fluir. Mas, se você quiser aprofundar e conhecer técnicas poderosíssimas para dar aquele upgrade na sua vida sexual, conheça nossos cursos clicando nesse link!

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *