Hoje nossa conversa será sobre a energia feminina!

Nós vivemos em uma sociedade patriarcal, ou seja, onde os valores e constituições masculinas prevalecem. Nesse caso, em detrimento do feminino. Assim, durante anos nós fomos subjugadas e forçadas a se encaixar em padrões que menosprezam nossa energia feminina, nos desempoderavam e nos colocavam em uma posição de objetivo e não de seres humanos.

Embora pouco a pouco o mundo está mudando, ainda sofremos diariamente os reflexos dessa influência em nossa rotina.

Você, em algum momento da sua vida já se deparou com a obrigação de adotar posturas masculinas para conseguir lugar na sociedade e se sentiu frustrada por isso? Ou simplesmente já reclamou a respeito do porquê de não ter nascido homem durante um período menstrual? Esses são sinais da atual desconexão com o nosso feminino.

Se isso já aconteceu com você, provavelmente você se afastou da sua energia feminina e hoje vamos falar um pouco mais sobre ela para você!

O que é a energia feminina?

De acordo com as filosofias ancestrais, o universo energético é composto de duas energias diferentes: o feminino e o masculino. Nós podemos ver na nossa cultura ocidental o reflexo desse pensando em dualidades como: bem e mal, sombra e luz, etc.

Essa dualidade é o equilíbrio da vida.

Dessa forma, é natural que mulheres e homens (cis ou trans) tenham uma ligação forte com a energia impulsionadora do seu gênero.

O Feminino, para as mulheres, nada mais é do que a essência feminina em cada uma de nós. Quando nós nos conectamos com o feminino, despertamos a consciência voltada para nosso corpo, nossa feminilidade e principalmente sobre o que é ser mulher.

Entrando, assim, em conexão com nosso propósito, nossa essência, nosso ciclo e com a natureza.

Natureza e a Energia Feminina

Na antiguidade, a figura feminina era considerada sagrada perante a sociedade, devido à sua capacidade de reprodução e aos seus ciclos. Quando observamos a natureza, nós podemos claramente definir seus ciclos: primavera, verão, outono e inverno. Ou os ciclos da lua: crescente, cheia, minguante e nova.

A mulher tribal era exatamente assim, sua natureza cíclica (que permanece até hoje) era muito mais clara e evidente, completamente conectada aos ciclos da natureza.

Como mulheres, nossa essência é selvagem, tribal. Nossa conexão com a natureza é muito intensa e para entrar em contato com a energia feminina ter essa intimidade é essencial.

Assim, somos mais autênticas, alegres, felizes e livres.

Ativar essa energia é extrema importância para a mulher, pois te ajuda a aceitar o próprio corpo e nossos ciclos naturais como a menstruação, a gestação e o parto. Entender o que é a menstruação, as mudanças que ela provoca em nosso corpo ou até mesmo como funciona a gestação, o que sentimos enquanto geramos uma nova vida em nosso ventre é se reconectar com a sua essência.

Como despertar sua energia feminina

Antes de qualquer coisa é importante que você saiba que tudo o que é necessário para se conectar com sua essência feminina está dentro de você mesma. Para se reconectar com ela é primordial olhar para dentro.

Antes de qualquer coisa devemos nos desconectar do externo e tirar um tempo para você, longe de celulares ou aparelhos eletrônicos ou pessoas que possam atrapalhar este momento.

O Tantra nesse aspecto nos proporciona uma conexão muito profunda com nossa energia. Através das meditações ativas e da conexão com nossa Yoni nós aprofundamos os laços com nosso próprio corpo e com nossa essência.

Isso é fundamental para o despertar o Feminino que habita em nós.

Inclusive no aspecto sexual. Nossa sexualidade é empoderadora e por isso ter autoconhecimento sexual, entender nossos desejos e nosso prazer é apropriar-se da sua essência de forma sutil, delicada e amorosa.

Assim, desenvolver sua própria percepção da natureza feminina e observar seu ciclo, quando estiver em seu período menstrual é o primeiro passo para essa conexão. 

Reflita sobre o que é a menstruação, sobre como você se sente emocionalmente, como o seu corpo se sente e quais as mudanças que ela implica em você e tente aprender mais sobre o seu corpo.

Aplique esses conhecimentos no seu dia-a-dia vai provocar mudanças no seu estilo de vida e na forma com que você intende e vê as coisas.

A Energia Feminina e o Empoderamento.

Provavelmente em algum momento da sua vida você já deve ter ouvido falar sobre o empoderamento, sabemos que entender sobre você mesma e sobre sua essência feminina é se reconectar com sua consciência, é aceitar os seus próprios ciclos e isto tudo lhe proporciona um enorme ganho de autoestima.

A autoestima é um passo fundamental para o empoderamento, e este, por sua vez, tem ligação com nossa felicidade e plenitude. 

Uma das formas mais seguras de se empoderar é através do corpo. Práticas que despertem suas sensações e sua consciência corporal e energética.

Aqui no Tantra Yoga Lab, nós contamos com um curso chamado Yoni Yoga, onde nós trabalhamos a energia feminina através de práticas como pompoarismo, meditações tântricas e Yoni Eggs.

Para conhecer mais, acesse esse link.

Por hoje é só, espero você semana que vem para uma nova conversa!

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *