O que você precisa saber para transformar sua vida

através da sua sexualidade

 

A energia sexual para uma boa parcela das pessoas é ainda algo desconhecido ou pior, proibido. Isso porque em nossa cultura aprendemos a ver o sexo como mero meio de reprodução.

Ou pelo menos foi isso que tentaram nos pregar durante muitos anos.

Sendo assim, ao invés de vermos o sexo e a energia sexual com naturalidade, fomos levados a negar nosso prazer e toda a energia linda e poderosa que ele tem.

Por isso, nesse artigo você vai aprender o que é a energia sexual e como transmutar todo esse poder para transformar sua vida e unir sexo e espiritualidade.

Vamos lá?

O que é Energia Sexual?

A Energia Sexual é a força vital, é a energia criadora da vida. O ponto alto de todo esse poder é a criação de um novo ser.

É algo que naturalmente está presente em nós (sabendo disso ou não). Quando não possuímos a consciência dela e de como ela é sagrada acabamos sendo levadas.

Sabe aquela velha história: “todo excesso esconde uma falta”? Essa é uma questão bem importante quando o assunto é sexualidade.

Quando restringimos ou simplesmente não conhecemos nossa energia sexual buscamos suprir essa falta em outras coisas e comportamentos que podem ser inclusive ser prejudiciais para nós.

Mas, quando se cria consciência dessa força, além de ver a sexualidade como algo lindo e sagrado, também podemos usar ela ao nosso favor. Ou seja, é possível transmutar esse poder.

Ela está intimamente ligada aos chakras.

Esse é o esquema de nossos chakras:

Eles são sete vórtices de energia presentes em nosso corpo energético. A energia sexual sai do nosso primeiro chakra e percorre todos eles.

O que é a transmutação da energia sexual?

Um dos autores mais famosos quando o assunto é transmutação dessa força presente em nós é Napoleon Hill, um famoso escritor de livros de autoajuda.

Em seu livro Pensa e Enriqueça ele aborda o tema com simplicidade. Parafraseando esse autor, transmutação sexual “significa a mudança pensamentos de expressão física para pensamentos de alguma outra natureza”.

Assim, essa é uma forma bem didática de tratar o tema, mas é possível detalhar um pouco mais para ficar mais claro.

Em outras palavras, é quando convertemos a energia sexual em alguma outra coisa, pode ser uma motivação, direcionar essa força para outro projeto ou até para conectar-se com seu Eu Superior, com o Sagrada ou como queira chamar.

Como transmutar sua energia sexual?

Transmutar sua energia sexual é um processo bem mais simples do que se imagina e pode ser feito tanto de forma solitária, quanto com um parceiro. No entanto, quando esse direcionamento energético é feito entre um casal, tudo fica ainda mais potente.

No entanto, é preciso que os praticantes conheçam os princípios tântricos da respiração, o som e o movimento. Esses três fatores quando combinados levam a pessoa para um profundo contato com ela mesma e trabalham nosso potencial energético de forma amorosa.

Mas, afinal, como é esse processo de transmutação?

Antes de tudo prepare o ambiente, separe pelo menos 1h para essa prática. Se desejar, coloque uma música suave, com ritmada e sem voz. Use velas ou incensos de sua preferência.

Etapa 1: esclareça o que você deseja.

Determine sua meta. Crie uma imagem palpável em sua mente, use a imaginação para torná-la cada vez mais real. Enxergue-a com todos os detalhes possíveis.

Se quiser, pode anotar em um caderno. Isso é ainda mais efetivo.

Traga emoções e sensações positivas em relação àquilo que você quer.

Etapa 2: use as práticas tântricas para ativar e direcionar sua energia sexual

Comece a ativar sua energia sexual através do prazer, usando a respiração, o som e o movimento. Durante todo o processo mantenha essa imagem e evite dispersões como fantasiar.

É claro que para obter o máximo desse processo quanto mais você dominar as práticas tântricas, mais intenso ele será. Mas, através do nosso curso gratuito para casais você já pode conhecer a base para fazer sua própria prática. Para se cadastrar, basta clicar no link.

Conecte-se com aquilo que deseja e em alcançá-lo.

Termine sua prática como preferir. Se você chegar ao orgasmo, tudo bem! Toda a sua energia s

Etapa 3: Observe

Agora que você já direcionou sua energia, procure manter esse objetivo para si. Falar e exterior seus planos acaba diminuindo inconscientemente sua motivação. Essa é uma dica neurológica, não necessariamente energética, mas que devemos colocar em prática.

Mas, voltando a questão energética, não fique inseguro ou se “deu certo”, apenas comece a caminhar em direção ao seu objetivo.

Mas, será que isso realmente funcionar?

E a resposta é SIM! Nossa energia sexual é desperdiçada quando durante o sexo nossa consciência se dispersa. Mas, quando trazemos consciência e a direcionamos, usamos essa forma impulsionadora ao nosso favor.

Quer continuar a aprofundar seu conhecimento? Então corre para esse artigo que aprofunda ainda mais no tema! É só clicar aqui.

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *