• contato@tantrayogalab.com.br

Os 5 mitos sexuais masculinos


 

Ha alguns dias publicamos um artigo sobre crenças sexuais femininas. Em geral essas crenças são idéias que temos sobre a nossa sexualidade, sobre o que é ou não é normal. Como estamos em comparação com a média das pessoas…

Enfim. Existem crenças femininas que levam muitas mulheres a sentirem-se culpadas, frustradas e até mesmo depressivas. O mesmo acontece com alguns homens que devido a uma educação sexual orientada por crenças populares acabam por cobrarem-se demais e frustrarem-se sexualmente.

As mulheres, em geral, tem crenças que as levam a reprimirem-se ou culparem-se pelo próprio prazer. Já os homens tem crenças voltadas para o alto desempenho sexual e virilidade. São exageradamente focados no próprio pênis e na sua capacidade eretiva.

Portanto se você é homem leia atentamente e faça uma auto-análise se está ou não cobrando demais de si mesmo. E se você é mulher observe se não está reforçando, com o seu comportamento, algumas das crenças que vamos listar aqui nesse artigo.

Vamos então listar as 5 principais crenças ou mitos sexuais masculinos:

Mito 1# – Homens não devem expressar certos sentimentos

Muitos homens não conseguem explorar todo o seu potencial orgástico em função da repressão da expressão de seus sentimentos. É possível até que os homens tenham orgasmos secos e até orgasmos múltiplos.

Porém a maioria não se permite “sentir” a fundo o próprio orgasmo. Não se permite expressar verbalmente o seu prazer. Não se permitem, como fazem muitas mulheres, entregarem-se às próprias emoções, chorar, rir, gritar.

Tudo isso é reprimido desde a infância. É  sinônimo de fraqueza e pouca virilidade no mundo masculino. Em função disso vivemos em uma sociedade em que muitos homens ainda são imaturos emocionalmente.

Não compreendem o que sentem, porque sentem, nem de onde vem os próprios sentimentos. Porque nunca foram incentivados a viverem as próprias emoções.

Homens que aprendem a expressar-se tornam-se mais sadios, menos neuróticos, mais felizes e claro, mais orgásticos.

Mito 2# – Sexo equivale a penetração

Infelizmente é em função desta crença que a maioria das mulheres vivem uma frustração sem tamanho em suas vidas sexuais. O homem com o seu foco excessivo no pênis, em sua ereção e na penetração deixa de vivenciar a sexualidade de maneira expandida.

Deixa de explorar todas as outras possibilidades de prazer e realização amorosa. Ao contrário do que os homens imaginam, as mulheres buscam conexão, intimidade, comunicação, sintonia. E isso vem muito antes da penetração. Isso pode ser explorado com mais cuidado e esmero.

E essa falta de cuidado e esmero pode custar muito caro aos corações masculinos. Porque ao pensar apenas com a cabeça debaixo ele deixa de viver o que há de mais belo e mais sagrado em suas relações amorosas e sexuais.

Saiba como a massagem tântrica pode te levar a relações mais sadias, profundas e hiperorgásticas

Mito 3# – Bom sexo é uma progressão linear que termina necessariamente na ejaculação.

Nem toda relação sexual precisa seguir uma ordem pré definida e, ao fim, chegar à ejaculação. Ela inclusive não precisa terminar nunca. Não há uma lei que diz: “Agora que estou excitado preciso ejacular e então o trabalho estará concluído”.

A ansiedade relacionada a necessidade de ejaculação é outro fator que leva a maioria das mulheres a frustração. Porque se a mulher tiver um orgasmo, em geral, a relação não precisa terminar, mas se o homem ejacular, o que normalmente acontece é o fim da relação.

Por isso o orgasmo tradicional masculino pode ser resinificado. Afinal de contas não é preciso que o homem ejacule para que tenha um orgasmo. Se é possível que ele tenha orgasmos secos e múltiplos, porque limitar-se e obrigar-se a ejaculação?

Entenda. Não estamos aqui dizendo que a ejaculação é algo ruim. Apenas que ela não precisa ser o centro das aspirações masculinas e nem que ela precise necessariamente acontecer. Teste brincar com suas relações sexuais. Não seja tão rígido.

Experimente um dia ejacular, outro dia não…São tantas as possibilidades e nenhuma delas te fará ser menos homem por experimentá-la.

Receba gratuitamente video-aulas com técnicas tântricas práticas para fazer com seu parceiro ou sua parceira.

Mito 4# – O homem quer e sempre está pronto para o sexo

Há aqueles que estarão lendo isso e se gabando: “Mas comigo é assim. Pra mim toda hora é hora”. Ok, tudo bem. Não há problema em ter uma alta libido e uma pulsão sexual ativa. A questão toda é a hipervalorização dessa virilidade.

Um homem que acredita nisso, mas em um determinado momento não estiver lá com muita vontade de fazer sexo, acabará transando por obrigação. Forçará a si próprio a “dar conta do recado”.

Mas e se ele falhar? Que frustração!

Mas  isso não precisa ser assim. Não há necessidade de ser tão rigoroso consigo mesmo. Homem também pode negar o sexo e não será menos homem por isso.

Não é sadio nem para homens nem para mulheres forçarem-se a transar. Não é saudável exigir de si mesmo uma virilidade constante e que não baixa a guarda nunca. Todos temos nossos altos e baixos e nem sempre estamos “prontos para o sexo”.

Aprenda a fazer a “yoni massagem”, a massagem tântrica feminina, num passo-a-passo detalhadíssimo e super didático

Mito 5# – No sexo como em outras situações o que realmente conta é o desempenho

Muitos homens encaram o sexo como um esporte com uma meta a ser alcançada. Mas o sexo, assim como a vida, deveria ser leves, alegre, feliz. Inclusive a maioria das disfunções sexuais em homens deriva-se de uma cobrança exagerada em relação ao próprio desempenho.

O sexo saudável não necessariamente é aquele que a mulher teve 5 orgasmos e pronto. Os orgasmos são muito bem vindos, claro. Mas mais importante do que eles é a intenção que existe por trás da relação.

Se é uma intenção verdadeira, honesta, de entrega de conexão… Se há a disposição de entrega, de criação de laços verdadeiros, se há conexão de verdade.

Uma relação sexual envolve tramas emocionais e kármicas que vão muito além do simples prazer fulgaz. Muitos casamentos bem sucedidos não contam com relações amorosas quentíssimas e apaixonadas.

A maioria dos relacionamentos bem sucedidos tem por trás uma relação de profunda amizade, intimidade, compaixão, empatia.

Além disso, os orgasmos são ainda mais prazerosos quando todos esses ingredientes estão unidos.

Pra finalizar…

Os papeis em que nos colocamos em nossas relações, as máscaras por detrás daquilo que verdadeiramente sentimos…Tudo isso nos deixa em situações desconfortáveis, preocupados e tensos com o que o outro vai achar de mim.

Livre-se desses mitos sexuais masculinos sabotadores da alegria e da felicidade sexual. O mundo evoluiu e nós, homens precisamos evoluir junto para não sofrermos demais.

 


Posts Relacionados


Massagem tântrica: o que ninguém te contou.

Massagem tântrica: A palavra Tantra vive envolta por mistérios e incompreensões. Vem normalmente acompanhada de promessas, magia e fantasias relacionados a sexualidade. Afinal de contas: é possível experimentarmos orgasmos de corpo inteiro? Orgasmos que podem durar 20, 30, 40 minutos?É possível, para um homem, ter orgasmos múltiplos? E Orgasmos secos? É uma pena que essa […]


Compreendendo a Tenda Vermelha

Tenda Vermelha é a tenda do período de menstruação. Tendas do antigo testamento, em que as tribos viviam. Período em que as mulheres se recolhem e nesse lugar sagrado. Se encontram para compartilharem seus segredos femininos e reafirmarem esse poder. Durante cerca de quatro dias por mês, dias de seu sangue, ocorre o encontro sagrado. […]


Da Depressão ao Êxtase

  O Tantra lida com o desenvolvimento humano trazendo harmonia, paz interior e felicidade. Como tem a capacidade de tocar diferentes partes da psique humana, é outro método de tratamento para a depressão. A depressão pode estar alojada em diversos níveis do nosso subconsciente. Como surge a depressão? A depressão aparece geralmente quando há energia […]





Deixe um Comentário